Veja os perigos se acabar a vida útil dos pneus do seu carro!

Os pneus são uma parte vital no bom funcionamento do seu carro.

A durabilidade, a qualidade do material e os cuidados com eles são fundamentais para garantir o desempenho e a segurança do veículo.

São tão importantes que existem serviços especializados que precisam ser feitos regularmente:

Calibragem

Neste serviço injetamos ar no interior dos pneus para que eles tenham a pressão ideal definida pelo fabricante para suportar o peso do veículo e o peso no interior dele. Por este motivo, é preciso regular quando temos um carro cheio com bagagens, por exemplo, para que a pressão mantenha os pneus preparados.

Alinhamento

Como o nome já diz, é o processo visa manter os pneus alinhados entre si e perpendiculares ao solo, garantindo estabilidade. Podemos notar um problema de alinhando quando o carro sai para a esquerda ou sai para a direita ao largarmos o voante em posição reta.

Balanceamento

O balanceamento permite que as rodas girem sem vibrações. O sintoma de um veículo com pneus desbalanceados é sentir vibrações fortes no volante ou no carro quando ele estiver em determinadas velocidades

Rodízio

Este serviço não é obrigatório, na verdade ele é uma alternativa para aproveitar mais a vida útil dos pneus e economizar, intercambiando de lugar. Muitos especialistas atualmente desaprovam e recomendam a compra de dois pneus novos para o eixo traseiro (para garantir a estabilidade) e deslocar os traseiros atuais para a frente.

Perigos com pneus com pouca calibragem (pressão)

Aquaplanagem

Um dos perigos mais conhecidos nos carros com baixa pressão nos pneus é a aquaplanagem: pneus com baixa pressão têm uma área maior de contato com o sol. Desta forma, na chuva ou em um alagamento, o pneu acaba empurrando a água para frente ao invés de passar por cima dela. Aí está o risco de deslizar sobre a água, perdendo contato com o solo.

Danos maiores em choques

Outro perigo é a maior probabilidade de danos aos pneus por choques nas laterais dele – raspar no meio-fio, entrada em um buraco. Acaba se criando uma bolha e com o tempo estourar, perdendo o pneu por completo.

Pneu se soltar da roda

É um caso mais raro mas possível. A combinação dos pneus de baixa pressão com muito peso no veículo e uma curva fechada pode provocar esta situação.

Perigos com pneus com excesso de calibragem (pressão)

Perda de estabilidade traseira

Isto pode ocorrer quando aumentamos a pressão por conta de pesos extras no porta-malas e não retornamos a pressão para níveis menores quando retiramos o peso. É preciso que esta regulagem aconteça, pois o pneu com muita pressão em porta-malas vazio torna a traseira mais instável, com um contato menor com o solo.

Prejuízo na frenagem

A laterais dos pneus são a parte deles que mais absorvem o peso do veículo. Quando a pressão é excessiva, sem a carga correspondente, estas laterais levantam demais e a área de contato com o solo diminui. Sem um contato adequado, o carro vai precisa de mais espaço para a frenagem.

Perigos com pneus carecas (desgaste além do tolerável)

Os pneus carecas também afetam a frenagem e aumentam o risco de aquaplanagem pela falta de uma estrutura adequada de sulcos (desenho do pneu) para que eles respondam melhor ao frear e á agua escoe pelos sulcos.

Perda de estabilidade

A partir de uma determinada velocidade, o veículo começa a vibrar bastante e os pneus podem até estourar, colocando a segurança de todos (das pessoas no veículo e no entorno) em risco.

 

Depois dessas dicas, recomendo a você conferir se o seu carro está precisando de pneu para carros. Não perca tempo! É o seu bolso e a sua segurança em jogo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *